Física Quântica e a realidade

“Eu sou o todo de muitas partes, e parte de muitos todos” (Francisco Fialho)

“Somos uma substancia pensante, e modelamos o que somos, com aquilo que pensamos” (Dulce Magalhães)

 

Entendemos que a base de toda a humanidade, é constituída por átomos. Nosso corpo tem uma estrutura atômica, molecular, celular e orgânica. Tudo depende das informações que nutrimos nossos átomos, que por seguinte irão alimentar nossas moléculas, células e nosso organismo. Analisando a existência humana sob a perspectiva da física quântica, entendemos os movimentos de atração e repulsa que acontece energeticamente.

Podemos não ser responsáveis por aquilo que fizeram de nós, mas somos 100% responsáveis por aquilo que fazemos com aquilo que fizeram de nós. Consideramos que a emoção é aquilo que nos coloca em movimento. Por trás de todo comportamento tem um paradigma, por trás do paradigma tem a emoção.

Quando compreendemos que somos feitos de átomos, estamos em constante vibração e somos influenciados pelo meio, pelos pensamentos e por nossas emoções que alteram nosso estado vibracional, entendemos aquilo que pensamos, por conseguinte sentimos, vibramos e conectamos.

 

Por esta razão, entendo a necessidade de emanamos a amorosidade, estado de reverberar o amor. Quando entendemos que somos o todo de muitas partes e partes de muito todos, que todos somos um, entendemos que o que emanamos é também aquilo que recebemos, pela Lei do Retorno.

Quando falamos, agimos e vibramos na amorosidade atraímos esta mesma energia, e reverberamos luz. Nossa origem atômica não seria nada se não tivéssemos a consciência. É ela que nos torna seres humanos e únicos. Diante desta realidade que cada um criou, observamos nosso potencial de estarmos conectados com o estado de presença, reverberando bondade, verdade e amorosidade.

Vou adorar receber sua sugestão de tema para as próximas colunas, entre em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *